Informações

  • Av. Inajar de Souza, 74, Limão, São Paulo - SPR. Patrice Lumumba, 187, Jardim Tereza, São Paulo - SP
  • +55 11 3463-2031+55 11 2862-8306

MOLDURAS

Na hora de escolher a moldura de gesso, você já deve levar em consideração a decoração do ambiente, como o uso de cortinas. Levando esse ponto em consideração, é mais fácil de escolher um modelo e você já pode solicitar um projeto que inclua cortineiro de gesso, valorizando o acabamento e deixando o ambiente moderno.

Entre os modelos de cortineiros há duas opções, que são os embutidos, um tipo de projeto que tem sido um dos mais pedidos e atuais em questões arquitetônicas, cuja principal característica é o forro rebaixado escondendo o início da cortina e os sobrepostos, que já foi bem utilizado, mas isso não significa que tenha caído em desuso, pelo contrário, ainda pode ser utilizado sem problemas. A característica desse tipo de projeto é que a moldura de gesso que se estende entre teto e parede e se alonga um pouco na frente da cortina, escondendo os trilhos acima das janelas.

Estilo

Se você pretende seguir o estilo de moldura de gesso tradicional, o modelo mais indicado é a versão tipo cantoneira e com linhas mais curvas, mas para não ficar com um estilo muito marcado, vale escolher modelos mais fininhos, assim vocĂȘ vai ter um tradicional e moderno. Caso a escolha seja de seguir uma decoração clássica, o acabamento entre teto e parede também pode seguir esse estilo.

Clean

Se você quer seguir a linha minimalista na decoração, o ideal é fugir dos adornos que podem ter nas molduras. Sendo assim, o modelo mais indicado é o reto frisado. Essa versão não se estende pela parede, como uma cantoneira, e fica apenas no acabamento do teto, dando suavidade ao item. O pequeno detalhe frisado da peça garante o mínimo de destaque diante do teto, assim garantindo um resultado mais clean.